terça-feira, 25 de agosto de 2015

Respostas# à Green Eyes#

Minha doce e suave Green
Teus textos na alma soam
Se há pessoas assim
Bem podes dizer que se jodan...

Joder assi no es placer
porque no tiene atitud
Es que lo verdadero joder
no es la ingratitud!

Dobrei a lingua com isto
Minha querida do coração.
E Agora não resisto,
-"corta-lhes é o tesão"!

Prazer o teu na dor deles
Prazer o meu no teu querer
Prazer deles o mais reles
Que se vão...mas é joder!!!!


Beijinho grande minha Green*** 

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Resposta#ao Anónimo#

Para ti anónimo(a) Tulipa

Eu SOU O SER!
Que irradia quando perto de mim estás!
Tranquilizo-te no amor interior que te dou...
E nessa paz de espírito fica o nosso sentir!
Profundo! Tão profundo quanto o acordar das manhãs!
Não me largues já que o agarrar nos enredou!
E nesta caminhada entre cruzada o amanhã há-de surgir!
Mais livre, mais apaixonado, mais feliz
No nosso presente que ao por do sol se consolidou!
E nas dunas das nossas vidas
Geminou, cresceu e o viver aproximou!! 




No meio dos lábios húmidos

No meio dos lábios húmidos
Que são os teus
que os meus por vezes encontram!
Minha língua nas suas quentes 
E atrevidas travessuras
Penetra e choca com a tua
Nessa esfomeada boca
Numa troca de saliva
Capaz de te deixar muito louca!
Ficas momentaneamente presa em mim
Sentindo o calor ardente
De uns grandes lábios distante
Que anseiam um amor
Louco, entusiasmado e delirante!!!

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Respostas#à Catarina#

Catarina,
Na maravilha que encontras nos meus textos
Estão palavras que não são mais que a vida
Algumas delas para o viver são pretextos...
De uma vida sofrida e que por mim é sentida!
Podes escrever assim...
Olha para os teus contextos!
Deixa que a mente se embriague nas palavras
Que os dedos se percam nas letras de um teclado,
Verás que no final os teus textos
Serão o teu sonho encantado e encontrado...
Por alguém admirados no seu sentido mais lógico
No teu blogue simples e ecológico!! 

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Respostas #ao PDR#

PDR aqui voltei
Respondo-te de Portugal
Como uma fêmea com cio
Que procura o par ideal!!!

Assim são nossos sentidos
Numa amizade distinta
Tu publicas teus postes despidos
Eu descrevo os meus intimos desejos
Nas metáforas escondidos!!!

Abraço amigo

Te informarei meu amigo
Do que aqui escrever´.
Porque tudo o que digo
tu também o deves ler!

São textos todos sem perigo
Como a vida deve ser
E em tudo o que digo
Enalteço a mulher!

Sejam Marias ou não
Joanas, Teresas ou Ritas
Margaridas, Claras ou João
Anas, Sandras ou Filipas...

Neste escrever simplista
A todas eu vou amando
Algumas estão à vista
Outras eu vou beijando!!!

Abraço PDR

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Respostas#à Janita#

Janita!!!! Tirei-te os sentidos?
Eu nem quero acreditar!
Arrasei-te...estamos perdidos!!!
O INEM vou chamar!!!

Não me atendem, que chatice!
Vou ter que me aplicar...
Não me esqueci ...que patetice!
Também sei reanimar!!!

Cheiras-me, Vês-me, Apalpas-me
Provas-me, Ouves-me ...estás reactiva!
Fixe...passei no exame!!!
Janita!!! Tu estás bem viva!!!

Beijinhos Janita
                                                   

                                                     Como me reanimaste?
                                                     Foi com massagem cardíaca
                                                     ou respiração boca a boca?

                                                     Só sei que me reactivaste
                                                     mas...fiquei ainda mais tonta!!! ;))         (Janita)  


Janita podia apenas dizer
Que te reanimei com palavras
Porque é mais fácil escrever
Do que reaver vidas paradas!

As massagens são sempre dadas
sempre fortes e ritmadas
Com os dedos entrecuzados
e com as mãos espalmadas
sobre o peito aplicadas...

Comprimindo o coração 
A rondar cem apertões por minuto
Até parece ser bom
Mas deixou-me cansadito...
Teu corpo que é um pão...

Claro que te insuflei
Boca a boca sem tirar...
Não sei se te asfixiei
Ou se fui eu que desmaiei
Por não conseguir respirar!!!!

E a brincar fica dito
O que não quero que aconteça...
Mais vale mandar-te um beijo
Que te reactive o coração
E te entonteça a cabeça!!!

Beijinho Janita com muita saúde e amizade.
Janita a tua resposta
Ainda é muito mais bonita
Que o poema que do meu ser
Brotou naquela singular escrita!

Sou a Maria! Janita...
acredita!
Com esses problemas tais...
Sinto-me tão presa
e submissa!

Sou alguém...
que amo tudo e ainda e sempre
alguém, também!

Na verdade, sou quem sou
Aqui onde estou...

Mais?...
não to poderei dizer jamais
é isso que nos torna na igualdade de ser vivo
Uns seres reais e afinal desiguais!
Libertar-me-ia se pudesse!
Libertar-me-ei se puder!
Libertar-me-á quem souber!

Por isso...
Bebé/Menina/ Criança
Mulher/ Adulto/Homem
Irei até onde a vida me deixar
Sonhar e sentir esperança
Antes de deixar de respirar
E à tumba um dia entrar
Onde todos os bichos aí me comem!

Aqui...
enquanto escrever!
Sofro porque o amor se enreda
Como a cortina numa pequena janela
Fazendo da minha vida
Uma pequena Novela!!!!

Beijinho Janita, nesta nossa mútua admiração pela palavra mas muito mais pela VIDA***