terça-feira, 3 de novembro de 2015

TAG | 10 Factos estranhos sobre mim

O desafio lançado pela Teresa claro que tinha de ter alguma correspondência da minha parte, não será aquilo que a mesma esperava ...mas não fica sem resposta!
Ora aqui vão coisas estranhas:

1-
Não sendo eu o que  sou
Sou quem não pareço ser
Por isso naquilo que sou
Perdeis o tempo em me ler!

2-
Estranho o meu gostar
de conviver com mulheres
De sentir no seu falar
A beleza dos saberes!

3-
Com pés molhados no mar
Alivio a minha mágoa
Passo dias a pescar
E nem sequer sei nadar!

4-
Será um vicio ou não
e assim me desenrasco
Gosto de comer à mão
um bom prato de churrasco!

5-
Deixei um dia o fumar
para sentir mais prazer
Sabeis o que é beijar
Sem um cinzeiro lamber?

6-
Seja no Verão ou no Inverno
Em lençois de um qualquer tecido
É um momento tão
Deitar-me quase despido

7-
Sei que sou provocador
E brinco com muitos entes
Mas gosto de aliviar a dor
Aqueles que estão doentes!

8-
Não gosto de ir à boleia
Prefiro eu conduzir
Assim, com a atenção cheia
Abstenho-me de seduzir!

9-
Por mais estranho que pareça
Neste mundo animal
prefiro um gato sem raça
A qualquer cão bestial!

10-
A versejar ou rimar
Abri-me neste papel
e o TAG  vou terminar
dando um beijo à Isabel! (É estranho...eu sou assim!)


 

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Voltar?...onde, quando e para quê?

Voltar?...onde, quando e para quê?
Tudo se embasbacou eleitoralmente!
Bocas abertas, insanas, temidas...
Reclamam de nada e tudo, que gente!
Venha de lá agua de Marte
Por toda a parte curar as podres feridas!
De um povo da vida ausente...
Voltar?...onde, quando e para quê?
Quando a misera inteligência
se enloda em toda a mente!
Vitória! Gritai mostrengos, gritai!
Vitória? Repetir a mesma história?
Dai asas à vossa pobre demência
De mim, nada espereis...nem um ai!
Adiaram meu país outra vez...ao votar!
Fizeram isso porquê?
Por isso...voltar?
Onde, quando e para quê?

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Respostas#a uma Pérola#

E nesse mar que é nosso
Sempre repleto de escolhos
Abraçar-te eu não posso!

Quando nos desejam o fundo
Aí abrimos nossos olhos
Com sentimento profundo!

Que me importa o naufragar?
Sei que são mil os desejos
De um eterno amar!

Por isso ao mar nos fazemos
Libertando nossos beijos
Porque é isso que mais queremos!

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Oh Dasse- O meu amigo açoriano!


Oh Dasse tens alguma coisa a dizer?

Eu estou bem vivo mas cansado de aturar uma galinha choca que pensa que manda no poleiro e anda sempre acompanhada por meia dúzia de pintarrochos em fim de estação...

Oh Dasse, agora é que o PDR se vai passar.



Ponte de Lima


Visitem-me nas Feiras Novas...Estou lá!

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Respostas #à Til#

Til,
A Maria é vermelha
e encarnada porquenão!
A Maria é azul e verde
A Maria é ...Pink
Isso mesmo uma Rosa 
Como outras que neste mundo conheço!
Podia ser Green e talvez seja
Podia ser Dark Brown
Já que por vezes fico Yellow...
Sou isso tudo Til. Um rosa baril!
Na tua foto me revejo
Nesse mundo de balões coloridos
Onde descrever-me parece ser infantil
Mas a vida é mesmo assim 
Uns sentem o seu pesar 
Enquanto outros pesam o seu sentir...
Na vida que está a passar
Sem nunca se repetir!!

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Respostas#à Teresa#

Teresa
Ser Maria é ser um SER complexo
É ser Teresa ou Margarida
Janita, Mia, Afrodite
Manel, Jõao ou Francisco
Sinto-me tão desconexo 
Com uma mente aflita
Não passo incólume ao risco
E se alguns momentos flipa
É porque talvez, quem sabe,
tenha um SER um pouco arisco!!

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Respostas# à Green Eyes#

Minha doce e suave Green
Teus textos na alma soam
Se há pessoas assim
Bem podes dizer que se jodan...

Joder assi no es placer
porque no tiene atitud
Es que lo verdadero joder
no es la ingratitud!

Dobrei a lingua com isto
Minha querida do coração.
E Agora não resisto,
-"corta-lhes é o tesão"!

Prazer o teu na dor deles
Prazer o meu no teu querer
Prazer deles o mais reles
Que se vão...mas é joder!!!!


Beijinho grande minha Green*** 

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Resposta#ao Anónimo#

Para ti anónimo(a) Tulipa

Eu SOU O SER!
Que irradia quando perto de mim estás!
Tranquilizo-te no amor interior que te dou...
E nessa paz de espírito fica o nosso sentir!
Profundo! Tão profundo quanto o acordar das manhãs!
Não me largues já que o agarrar nos enredou!
E nesta caminhada entre cruzada o amanhã há-de surgir!
Mais livre, mais apaixonado, mais feliz
No nosso presente que ao por do sol se consolidou!
E nas dunas das nossas vidas
Geminou, cresceu e o viver aproximou!! 




No meio dos lábios húmidos

No meio dos lábios húmidos
Que são os teus
que os meus por vezes encontram!
Minha língua nas suas quentes 
E atrevidas travessuras
Penetra e choca com a tua
Nessa esfomeada boca
Numa troca de saliva
Capaz de te deixar muito louca!
Ficas momentaneamente presa em mim
Sentindo o calor ardente
De uns grandes lábios distante
Que anseiam um amor
Louco, entusiasmado e delirante!!!

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Respostas#à Catarina#

Catarina,
Na maravilha que encontras nos meus textos
Estão palavras que não são mais que a vida
Algumas delas para o viver são pretextos...
De uma vida sofrida e que por mim é sentida!
Podes escrever assim...
Olha para os teus contextos!
Deixa que a mente se embriague nas palavras
Que os dedos se percam nas letras de um teclado,
Verás que no final os teus textos
Serão o teu sonho encantado e encontrado...
Por alguém admirados no seu sentido mais lógico
No teu blogue simples e ecológico!! 

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Respostas #ao PDR#

PDR aqui voltei
Respondo-te de Portugal
Como uma fêmea com cio
Que procura o par ideal!!!

Assim são nossos sentidos
Numa amizade distinta
Tu publicas teus postes despidos
Eu descrevo os meus intimos desejos
Nas metáforas escondidos!!!

Abraço amigo

Te informarei meu amigo
Do que aqui escrever´.
Porque tudo o que digo
tu também o deves ler!

São textos todos sem perigo
Como a vida deve ser
E em tudo o que digo
Enalteço a mulher!

Sejam Marias ou não
Joanas, Teresas ou Ritas
Margaridas, Claras ou João
Anas, Sandras ou Filipas...

Neste escrever simplista
A todas eu vou amando
Algumas estão à vista
Outras eu vou beijando!!!

Abraço PDR

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Respostas#à Janita#

Janita!!!! Tirei-te os sentidos?
Eu nem quero acreditar!
Arrasei-te...estamos perdidos!!!
O INEM vou chamar!!!

Não me atendem, que chatice!
Vou ter que me aplicar...
Não me esqueci ...que patetice!
Também sei reanimar!!!

Cheiras-me, Vês-me, Apalpas-me
Provas-me, Ouves-me ...estás reactiva!
Fixe...passei no exame!!!
Janita!!! Tu estás bem viva!!!

Beijinhos Janita
                                                   

                                                     Como me reanimaste?
                                                     Foi com massagem cardíaca
                                                     ou respiração boca a boca?

                                                     Só sei que me reactivaste
                                                     mas...fiquei ainda mais tonta!!! ;))         (Janita)  


Janita podia apenas dizer
Que te reanimei com palavras
Porque é mais fácil escrever
Do que reaver vidas paradas!

As massagens são sempre dadas
sempre fortes e ritmadas
Com os dedos entrecuzados
e com as mãos espalmadas
sobre o peito aplicadas...

Comprimindo o coração 
A rondar cem apertões por minuto
Até parece ser bom
Mas deixou-me cansadito...
Teu corpo que é um pão...

Claro que te insuflei
Boca a boca sem tirar...
Não sei se te asfixiei
Ou se fui eu que desmaiei
Por não conseguir respirar!!!!

E a brincar fica dito
O que não quero que aconteça...
Mais vale mandar-te um beijo
Que te reactive o coração
E te entonteça a cabeça!!!

Beijinho Janita com muita saúde e amizade.
Janita a tua resposta
Ainda é muito mais bonita
Que o poema que do meu ser
Brotou naquela singular escrita!

Sou a Maria! Janita...
acredita!
Com esses problemas tais...
Sinto-me tão presa
e submissa!

Sou alguém...
que amo tudo e ainda e sempre
alguém, também!

Na verdade, sou quem sou
Aqui onde estou...

Mais?...
não to poderei dizer jamais
é isso que nos torna na igualdade de ser vivo
Uns seres reais e afinal desiguais!
Libertar-me-ia se pudesse!
Libertar-me-ei se puder!
Libertar-me-á quem souber!

Por isso...
Bebé/Menina/ Criança
Mulher/ Adulto/Homem
Irei até onde a vida me deixar
Sonhar e sentir esperança
Antes de deixar de respirar
E à tumba um dia entrar
Onde todos os bichos aí me comem!

Aqui...
enquanto escrever!
Sofro porque o amor se enreda
Como a cortina numa pequena janela
Fazendo da minha vida
Uma pequena Novela!!!!

Beijinho Janita, nesta nossa mútua admiração pela palavra mas muito mais pela VIDA***

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Respostas#à Nina#

Nina Nininha não expludas!
Olha que a inflamação é imensa
Espero que nunca o Judas
Me venda esperando a recompensa!

Sentidos e sentimentos
São verdadeiramente voláteis!
Os primeiros fazem de nós seres atentos
Os segundos por vezes irresponsáveis!!!

Aprecio a tua atenta leitura
De textos que são sentidos
Sei que em ti ainda perdura
Um mar de sentimentos vividos!

Beijinho Nina 


Nina e Nininha que giro
O teu nome assim escrito
Ao comentares a Maria
Deixaste-me aflito!

Acredito que na vida
Com amores e com castigos
Tenho escrito muita ferida
Num livro que dou aos amigos!

É um livro baralhado
Com páginas de loucura
Onde também mora o pecado 
De andar à tua procura!!!

Se prestares toda a tua atenção
Na leitura que aqui fizeres
Verás no centro do seu coração
Páginas em branco para escreveres!

O meu livro é então 
A vossa presença em mim
Na virtual ilusão
De vos ter até ao fim!!

Se à conclusão chegares
Sem te cansares de me ler...
Talvez sem me elogiares
Eu pra ti volte a escrever!

Nina Nininha ambos somos
De certeza Criativos e originais
Porque nos momentos em capsulas
O teu sabor é bom demais!

Beijinhos Nina

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Respostas#à Pipoca#

Uma mistura sumária
Como quem faz as pipocas
A ordem é aleatória
Nem todas são iguais
Mas juntas fazem história!!

Deixar bem arrumadinhos
Sentidos e sentimentos
Faria de nós seres insonsinhos 
Talvez um pouco amorfos 
Sem sabor e uns anjinhos!!

Por isso somos diferentes 
Na vida que se cozinha
Uns libertinos e ausentes
Outros como tu ...que és Pipoca
Aprumada e Arrumadinha!!!

Beijinho Pipoca

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Respostas#à Diana#

É isso a vida Diana!
Sentidos e sentimentos
Os sentidos são a chama
de sentimento sedentos!

Sentir é estarmos vivos
Com toda a plenitude!
Sentimentos revelam perigos
Determinam atitude!!!

No sentir eu descobri
Que alguém me adora a mim!
No sentimento morri!
Não posso corresponder-lhe assim!

Assim no sentir se vive
E no sentimento se morre!
Ganhei a vida que tive
mas perco-a se alguém descobre!!

Beijinho Diana

segunda-feira, 6 de julho de 2015

A DESILUSAO

Vento que passa
 Ideias perdidas!
 Sombras que pairam
 na luz de tantos dias!
 Era para ser não o sou,
 Poderia fazer não o fiz!
 Na ilusão incontida
 faz-se da incerteza a vida!
 Num tempo desigual
 em que tudo e todos nos metem
 Sinto-me assim fatigado
 Por vezes algo destroçado!
 Desejar o que é bom
 Dilacerando o que resta.
 No fundo do coração
 Esta é a minha desilusão!
 Repitam-me que a sorte não vem...
 Digam-me que a ilusão morreu...
 Porquanto nesta aflição,
 A desilusão... sou EU!

sexta-feira, 3 de julho de 2015

#Talking Body#







 E é isto, facilito as coisas porque estou e sinto-me assim!

Talking Body English version)

 Best stay in bed

The feeling of your skin locked in my head

Smoke, smoke me broke

I don’t care I'm down for what you want



 Day drunk into the night

Wanna keep you here

'Cause you dry my tears

Yeah, summer love and then fights

How it is for us

And it’s all because



 Now if we’re talking body

You got a perfect one

So put it on me

Swear it won’t take you long

If you love me right

We fuck for life

On and on and on



 Love, give me love

Anything you want, I’ll give it up

Lips, lips I kiss

Bite me while I taste your fingertips



 Day drunk into the night

Wanna keep you here

Cause you dry my tears

Yeah summer love and then fights

How it is for us

And it’s all because



Now if we’re talking body

You got a perfect one

So put it on me

Swear it won’t take you long

If you love me right

We fuck for life

On and on and on



 Bodies, our baby making bodies

We just use for fun

Bodies, let’s use them up

Till every little piece is gone

On and on and on

On and on



 Now if we’re talking body

You got a perfect one

So put it on me

Swear it won’t take you long

 If you love me right

We fuck for life

On and on and on



 Falando de Corpo (Versão traduzida) Melhor continuar na cama A sensação da sua pele está presa na minha cabeça A fumaça me deixou aos pedaços Eu não me importo, eu faço o que você quiser Bêbada durante o dia e assim entro à noite Quero manter você aqui Porque você seca minhas lágrimas Sim, amor de verão e depois brigas É como isso é para nós E é tudo por causa Agora, se estamos falando de corpo Você tem um perfeito Então coloque-o em mim Juro que não vai levar muito tempo Se você me ama de verdade Nos fod"#$s para a vida Sem parar, sem parar Amor, me dê amor Qualquer coisa que você quiser, eu vou dar Lábios, lábios eu beijo Me morda, enquanto eu experimento a ponta dos seus dedos Bêbada durante o dia e assim entro à noite Quero manter você aqui Porque você seca minhas lágrimas Yeah! Amor de verão e depois brigas É como isso é para nós E é tudo por causa Agora, se estamos falando de corpo Você tem um perfeito Então coloque-o em mim Juro que não vai levar muito tempo Se você me ama de verdade Nos fod"#$s para a vida Sem parar, sem parar Corpos, nosso corpos férteis Os usamos só para diversão Corpos, vamos usar eles um sobre o outro Até que cada pedacinho se vá Sem parar Sem parar Agora, se estamos falando de corpo Você tem um perfeito Então coloque ele em mim Juro que não vai levar muito tempo Se você me ama de verdade Nos fod"#$s para a vida Sem parar, sem parar



 Tenham um bom fim de semana...O Verão tem esta capacidade, põe-me louco das ideias!

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Respostas#à Elvira#

Elvira,

Apreciei sobremaneira 
a tua esclarecida poesia...
Fiquei a pensar 
se alguma dúvida em ti existiria!
Da presença de alma 
nos componentes da vida!
Queres que te diga 
de forma sentida o que me vai na alma?
Tudo tem alma...a nossa!
A alma que lhe quisermos e pudermos colocar!
Por mais que alguns impeçam 
é este nosso acreditar...
No SONHO, na VIDA, na LIBERDADE e no AMOR
A nossa alma irá lá estar!
E pelos tempos consolidar!
Porque nessas particularidades 
a ALMA
Se irá perpetuar!!!

Abraço 

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Respostas #a Lucy#

Lucy...nos teus olhos rasos de água
De uma mulher apaixonada quanto eu
Sinto que o amor para nós não morreu
Apenas nos apoquenta aquela mágoa!

Nesse sentir procuramos camuflar
Aquilo que é o sossego do refúgio
Das tormentas transformadas em presságio
De um radioso dia que até nós vai chegar!

E tu Lucy, és o meu maior contágio
Nas palavras que me entregas sem cobrança
Que da nossa amizade fique algo mais que a lembrança!

###

Ai Lucy que doces cheiros
Pressinto ao longe em ti!
Atrás da orelha e pescoço
Meus sentidos estão inteiros
Sinto que até desfaleci!!!

Nos teus braços abraçado
Nesse gostar permaneci
Por teu corpo conquistado
No meu corpo de sentidos recheado!
Que já não passa sem ti!!!

###

Lucy...nos teus olhos rasos de água
De uma mulher apaixonada quanto eu
Sinto que o amor para nós não morreu
Apenas nos apoquenta aquela mágoa!

Nesse sentir procuramos camuflar
Aquilo que é o sossego do refúgio
Das tormentas transformadas em presságio
De um radioso dia que até nós vai chegar!

E tu Lucy, és o meu maior contágio
Nas palavras que me entregas sem cobrança
Que da nossa amizade fique algo mais que a lembrança!


sábado, 27 de junho de 2015

Respostas# à Mia#

Mia
  1. Entre o SER que se afirma
    E o Ente que se confirma...
    O teu desejo é uma luz
    Numa prosa que destilo
    Neste clandestino alambique
    Onde o que aqui se produz
    Nos momentos em que vacilo
    Impede que me crucifique.
    Quando a palavra Amor me seduz
    castigando a minha frágil psique!! 
  2. ###
  3. Mia, para ti deixo um desabafo no contexto da nossa intelectualidade adulta mas carregada de interligações à infantilidade que resiste e persiste desse modo em nós:
  4. Picocas e criancice...
    Mistura boa e refrescante
    Se meus pais ainda existissem!
    Seria grande a chatice!
    Porque a minha gulodice
    Faria uma birra incessante
    Se as gomas não me dessem!

    Daqui vamos concluir
    Que sem gomas eu não passo
    Por isso já mandei vir
    as "Tagada" da Haribo
    E as "Guimauvo" da Elodie...
    Se não as comer logo logo...
    Pode ser que ainda cheguem pra ti!!!

    Beijinho doce Mia
    e como diz no pacotinho das gomas "Pour les grands et les petits avec Haribo, c'est beau la vie!!!