terça-feira, 25 de agosto de 2015

Respostas# à Green Eyes#

Minha doce e suave Green
Teus textos na alma soam
Se há pessoas assim
Bem podes dizer que se jodan...

Joder assi no es placer
porque no tiene atitud
Es que lo verdadero joder
no es la ingratitud!

Dobrei a lingua com isto
Minha querida do coração.
E Agora não resisto,
-"corta-lhes é o tesão"!

Prazer o teu na dor deles
Prazer o meu no teu querer
Prazer deles o mais reles
Que se vão...mas é joder!!!!


Beijinho grande minha Green*** 

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Resposta#ao Anónimo#

Para ti anónimo(a) Tulipa

Eu SOU O SER!
Que irradia quando perto de mim estás!
Tranquilizo-te no amor interior que te dou...
E nessa paz de espírito fica o nosso sentir!
Profundo! Tão profundo quanto o acordar das manhãs!
Não me largues já que o agarrar nos enredou!
E nesta caminhada entre cruzada o amanhã há-de surgir!
Mais livre, mais apaixonado, mais feliz
No nosso presente que ao por do sol se consolidou!
E nas dunas das nossas vidas
Geminou, cresceu e o viver aproximou!! 




No meio dos lábios húmidos

No meio dos lábios húmidos
Que são os teus
que os meus por vezes encontram!
Minha língua nas suas quentes 
E atrevidas travessuras
Penetra e choca com a tua
Nessa esfomeada boca
Numa troca de saliva
Capaz de te deixar muito louca!
Ficas momentaneamente presa em mim
Sentindo o calor ardente
De uns grandes lábios distante
Que anseiam um amor
Louco, entusiasmado e delirante!!!

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Respostas#à Catarina#

Catarina,
Na maravilha que encontras nos meus textos
Estão palavras que não são mais que a vida
Algumas delas para o viver são pretextos...
De uma vida sofrida e que por mim é sentida!
Podes escrever assim...
Olha para os teus contextos!
Deixa que a mente se embriague nas palavras
Que os dedos se percam nas letras de um teclado,
Verás que no final os teus textos
Serão o teu sonho encantado e encontrado...
Por alguém admirados no seu sentido mais lógico
No teu blogue simples e ecológico!!