quarta-feira, 14 de maio de 2014

Flores e perfumes...numa prece





Se fosse ver-te num tempo
que pequeno se adivinha
fosse manhã ou noitinha
Que bom seria o momento
Pois tua rosa era minha!

Mas não, isso não foi possível
e deleito-me no teu jardim
Mulher, que és sensível...
deixas contudo em mim
teu perfume previsível!

E neste momento de Abril
onde não posso chegar,
Sejas rosa ou sejas cravo
das flores seria eu escravo
e em tua cama de pétalas
farias meu aconchegar!

Mas eis que Maio se entrega
Em meu corpo deprimido...
Num aparente movimento sem sentido,
Rebola, contorna e meu corpo esfrega
Deixando-me enlouquecido!

É o teu mês, mês de Maria.
Faço preces, quiçá pouco audíveis!
Ou quem sabe incompreensíveis,
e nesta triste melancolia,
aguardo respostas compatíveis!

Maria, Virgem Santa, meu queixume,
tem amargura e está cheio de lamento
monótono, triste e pachorrento!
Que do branco manto o teu perfume ,
Alivie todo o  meu sofrimento!

12 comentários:


  1. Sagrado e profano. Espírito e matéria. Cada parte com as suas necessidades próprias. E nós integramo-las perfazendo um Todo. Um Todo que cabe num poema ou em qualquer outra forma de arte.

    Gostei. :)

    Obrigada pelo endereço que me levou.

    Abraço

    Olinda

    ResponderEliminar
  2. Que a Virgem Maria escute a tua prece e te cubra de bençãos.

    Um beijo sentido no teu coração ♥

    ResponderEliminar
  3. Oxalá a tua prece, que é a minha quanto ao país, seja atendida!

    Infelizmente, não posso comentar em verso e enriquecer o teu espaço como fizeste com o meu ...e que muito agradeço!

    Abraços

    ResponderEliminar

  4. Passando por aqui para desejar boa noite. Aliás, já é quase madrugada. :)

    Abraço

    Olinda

    ResponderEliminar
  5. Olinda, somos sempre um todo...pena que façam de nós tolos!
    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Afrodite, os anjos e santos estão comigo assim como a Virgem Maria na sua imensa pureza!
    Beijinho do fundo do coração*

    ResponderEliminar
  7. São...sinto que o país não vai lá com preces, apenas com revolta!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Jota, as palavras é que vão colorindo o espaço!~
    Abraço

    ResponderEliminar
  9. Til! Quem sou eu? Um Manel encarnado de Maria
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  10. Olinda, é bom saber que passas por cá a qualquer hora do dia.
    Abraço

    ResponderEliminar

...Simplesmente Maria.