sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Pássaro em queda

...continuando o meu repositório.( Postagens agendadas de forma periódica por motivos óbvios)
 
Pobre pássaro que pareces ir morrer!
Na tua história de vida um estafeta.
Com os pais aprendeste a sobreviver!
Ensinando os novatos atingiste a tua meta!

Como quem vai a um arquivo
à procura de uma velha quimera.
Sinto que o pássaro está vivo
Como viva é a Primavera!

Tal e qual a nossa sina!
De uma vida desgastante!
Dos sonhos de uma menina,
fiz-me uma pessoa importante!

Somos assim passarinhos!
Sempre e sempre a voar...
Nunca deixemos os sonhos,
nesta nossa frágil vida acabar!!

12 comentários:

  1. Mais um exelente poema, e com muita verdade à mistura!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  2. Muito belo Mariavaicomasoutras....
    Um doce poema... triste .... retratando uma perda!!!!

    ResponderEliminar
  3. Sonha sempre ...e luta , que irás vencer!

    Abraço solidário :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apesar de me faltarem algumas etapas para a meta, já venci algumas etapas, São.
      Abraço

      Eliminar
  4. Às vezes é difícil, mas sou um pássaro que adora voar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. S*, voa sempre e enquanto puderes, mesmo nas condições mais adversas...é o que eu faço neste momento!

      Eliminar
  5. Adoro a verdade escondida nas entrelinhas!

    bjxxx

    ResponderEliminar

...Simplesmente Maria.