quinta-feira, 9 de agosto de 2018

#18.08.10.08.18
Porque há dias especiais 
E por demais desiguais 
E dentro desses dias 
Há Pessoas 
Que existem como que por magia 
Pois são ainda muito mais especiais 
Procuro então entender 
A relação na própria numerologia.
Pego no ano da colheita 
De mil novecentos e noventa 
Um vintage que sem dúvida 
Com o passar dos anos 
Tem um valor que aumenta 
Os seus sabores especiais 
E deleito-me... 
Com um dez e com um oito 
Que juntos aparentam dezoito 
Mas já retratam vinte e oito 
Na frescura dos aromas 
Que amamos cada vez mais.
É assim a natureza 
Que por obra, arte e amor dos pais 
Coloca em lugar de destaque 
Neste dia a Ana Teresa.
(Aníbal Panza)

2 comentários:

  1. Parabéns à filhota, tudo de bom para ela 🌷

    E um abraço forte para ti
    💗

    ResponderEliminar

...Simplesmente Maria.