segunda-feira, 15 de junho de 2015

Falar com o vento

Na calmaria da manhã
surges do nada.
Uma brisa suave e amena
Rapidamente se transforma
Num alucinante e perturbador vendaval!

Na tua abrangência
Passas por mim ora quente ora gélida
Isso perturba-me acredita!
És como uma balança em que o fiel é instável
No seu desequilíbrio cruel!

Quando vais fazes-me falta
Quando te vens em mim não ficas!
Dizem-me que sempre te deslocas
Das altas para as baixas pressões
Quero livrar-me dessas fortes confusões!

Resta-me tão só o lamento...
Será que somos amigos?
Falo contigo...Vento!

19 comentários:

  1. Respostas
    1. Tão intenso quanto o vento
      Que sopra às vezes pela tardinha!
      Apela-me ao sentimento!
      Por vezes trás até mim
      Num gostoso movimento
      Uma doce e fresca Pipoca Arrumadinha!

      Beijinho

      Eliminar
  2. O vento é bom a segredar coisas...

    Bjxxx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tão bom que às vezes esqueço
      Que não vivo só no mundo!
      Deixa-me silvando a surpresa
      Num ruído saindo bem lá do fundo
      Que tenho visitas da Teresa!

      Beijinho

      Eliminar
  3. Respostas
    1. E diz-me assim o malandro
      Numa sofreguidão esbaforida..
      Sabes Maria és tão doida
      Uma doideira varrida
      Por seres assim tão atrevida
      és para a Teresa Silva uma querida.

      Beijinho

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Na inconstância do vento
      Que ateia a intensa chama
      Tenho um prazer aqui dentro
      Que é levado da breca
      Perturbador do meu antro
      É a tua visita Diana!!!

      Beijinho

      Eliminar
  5. Respostas
    1. O vento é tão vital
      Quando nos acorda os sentidos
      Transporta-nos pelo ar
      Num bulício infernal
      prazeres por vezes travestidos
      De Pérolas sem igual!!!

      Eliminar
  6. Pergunto ao Vento que passa
    Notícias de ti, meu Amor.
    Soa o silêncio a desgraça
    Regressa, fica sem pressa...
    Sem ti tudo é tristeza e dor!!

    Não lamentes, porque o teu Vento é melhor...

    Beijinhos, fica bem!

    Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai Janita nessa trova
      DE um Alegre trovador
      Sinto que o vento me leva
      Nas palavras o Amor!!!!

      Beijinho Janita

      Eliminar
  7. Eu gosto dos teus poemas!
    Já tiveste ventanias fortes no teu caminho. A partir de agora que o vento seja uma brisa suave na tua vida, que te traga muita saúde, muito amor e te realize os teus desejos mais secretos.
    Beijinhos e Xi em apertadinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lucy és tão querida nos desejos
      Que envias para mim...
      Nas brisas que de ti saem
      Revejo mil sentimentos!
      Pudesse eu retribuir
      Na vida o teu sentir,
      Seríamos dois amantes
      Da vida sem ventanias
      Construindo mil palácios
      Com as nossas empatias!

      Beijinho e um forte abraço...mereces!

      Eliminar
  8. O vento, esse menino travesso, que tanto levanta uma saia como despenteia uma melena! ;)

    Beijos, Maria/Manel. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O vento é tão atrevido que as "melenas" esvoaçam todas!
      És uma grande amiga Maria Tu!

      Beijinhos

      Eliminar
  9. quando o vento corre a favor, é sempre um aliado.
    Beijinhos,
    Mia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mia...não sou especialista em ventos mas os barcos à vela até "voam" quando o apanham a jeito.
      Há por aí uns aliados que são é uns grandes cabeças de vento e esses deixa que te diga, é melhor dispensar!
      Beijinhos

      Eliminar

...Simplesmente Maria.