quarta-feira, 24 de junho de 2015

:::UM...DIA:::

                                                     
                                                   
                                                             Um belo dia!
                                               Claro amanhecer num jardim!
                                                Onde a mais bela das flores
                                          és TU!- altiva e de presença luzidia!
                                      Nas mil cores de meus perfeitos amores!

                                                        Um bom dia!
                                        Abres-me as portas de teu corpo!
                                                Convidando-me a entrar
                                       em Ti!- penetro sedento de um desejo!
                                         E em êxtase autorizas-me a ficar!

                                                         Um certo dia!
                                                Onde a incerteza morreu!
                                                Cansada de tanto esperar
                                           por mim!- um almoço e um pretexto!
                                             Para esse frequente encontrar!

                                                         Um outro dia!
                                       Voltarei! Quem sabe se para sentires!
                                       O silêncio de todas as minhas ausências
                                              aí!- nesse instante me dirás!
                                         Amo-te em todas as circunstâncias!

                                                           Acaba o dia!
                                                Voltamos ao mundo real!
                                           Restando apenas os doces sonhos
                                        tão próximos!- de uma distância infinita!
                             Onde permanecem as palavras, os olhares e os carinhos!

18 comentários:

  1. Respostas
    1. Verdade absoluta Diana
      Na relatividade dos dias!
      Amar é para quem Ama
      Procurando alegrias!!

      Beijo*

      Eliminar

  2. Nem que seja só um... vale a pena vivê-lo!

    Beijos com carinho
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal como esta honrosa visita
      Direi uma visita de Elite...
      Nem que seja apenas uma
      Gostei de "ver-te" Afrodite!

      Vivamos os dias um a seguir ao outro minha amiga.
      Beijos tal e qual os teus...com carinho***

      Eliminar
  3. Que belo poema!

    Sabes o que te digo? Um só dia de amor intenso e verdadeiro, vale por uma vida inteira de imitação de amor e monótona pasmaceira...!!
    Ama-te e morrer, depois! Soa bem, não soa??

    Beijinhos.

    Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes "morrer" de amores
      Na rudeza desta vida
      Que sofrer por "desamores"
      Sem olhares, sem palavras
      e de carinhos despida!

      Soa muito bem Janita!
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Pegando no último verso deste maravilhoso poema que sai, como sempre, de uma pessoa ENCANTADORA...
    A distância que nos separa seja tão forte que solidificará o nosso amor, disfarçado em forma de amizade!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes bem que te entendo
      No encanto que é comum...
      Procuremos ir vivendo
      esta amizade incomum!

      Não precisas de dizer mais nada porque mesmo assim acicatas as almas...mesmo as penadas!
      Beijinho sem anonimato**

      Eliminar
  5. “Andávamos sem nos procurarmos, mas sabendo que andávamos para nos encontrarmos.”
    Etiquetas: Julio Cortázar


    tss tss tss tss, tu para além de encantadora como diz o rapaz aqui em cima és ENGANADORA:))) mas enganas os burros e estúpidos ou pelos menos os que se gostam de fazer passar por burros e estúpidos! oh miúda desde quando andar sem procurar… então tu esqueceste-te do blog planeado e criado, aquele da N…;) com o poema do poeta “são as minhas…” em que abençoaste até a net porque pensavas que falavas com o poeta…, oh miúda então tu esqueceste-te de que foste lá ao blog do rapaz, uma vez que não era ele lá a falar contigo…, dizer-lhe … bem sabes o quê!(tá gravado ;) oh miúda então tu esqueceste-te do “ando na blogo só há um ano…” lá na grande análise ao blog do poeta (tá gravado;), quando andas a navegar na net desde 2010, és quase como o azeite galo, ahahahahahahahaha! Nem vou falar da editora…fuck! Não me lixes! tu de facto tens muito peso na beleza dos teus olhos verdes, na conta bancária e na herança familiar mas espiritualmente e de carácter és levezinha, levezinha, levezinha, és menos que um S que vestes és um XXXXXXXS….bom agora vou jantar, beijos e abraços BC, tssss tssss tsss valha-me nossa senhora, tanta idiotice, fui…

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para este comentário e porque começa com uma frase de um poeta quero dizer o seguinte:
      EL NIÑO BUENO (poema de Julio Cortazar)

      No sabré desatarme los zapatos y dejar que la ciudad me muerda los pies
      no me emborracharé bajo los puentes, no cometeré faltas de estilo.
      Acepto este destino de camisas planchadas,
      llego a tiempo a los cines, cedo mi asiento a las señoras.
      El largo desarreglo de los sentidos me va mal. Opto
      por el dentífrico y las toallas. Me vacuno.
      Mira qué pobre amante, incapaz de meterse en una fuente
      para traerte un pescadito rojo
      bajo la rabia de gendarmes y niñeras.

      Agora sou eu:
      Vai... não voltes, não precisas de voltar
      Nem quero saber do teu gélido respirar!
      Sou estupida e vivo na minha idiotice
      Mesmo quando respondo a alguma palermice!
      Sou assim...avesso aos meus contrários...
      E fuck...terei que voltar a introduzir...que chatice!!!
      No meu blogue a moderação de comentários???

      "Ser valente é muito mais fácil do que ser homem."
      Julio Cortázar

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Boa noite Mia...
      Tu podes entrar sem bater
      Sem ti esta casa está fria
      Contigo eu sei conviver!

      Beijinhos

      Eliminar
  7. Gostei do teu poema.É verdade, um dia de cada vez! Um dia de amor verdadeiro e intenso? Há muitas pessoas que nunca vão ter isso na vida, portanto quando se pode...!
    Deixa...%#$&...TU és muito MAIS...
    Beijo Doce

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Beijo doce Lucy
      Já que amigas como tu
      São um bem que recebi
      Por isso gosto de ti!
      Os outros levem no XPTU!!!!

      Beijo*

      Eliminar
  8. Arre! Há gente que gosta de atacar os outros! Para quê? Essa é a pergunta que me faço!
    Cada pessoa é livre para fazer e/ou escrever o que muito bem entenda. Já basta a vida que tantas vezes temos que arrastar...

    Beijos, Maria/Manel. :)

    ResponderEliminar
  9. Andava eu a pôr a leitura em dia, num dia que de bom teve muito pouco, acabo de ler o poema e como sempre fiquei com um sorriso no rosto.
    Começo a ler os comentários e ... há gente com vidas muito pouco ocupadas, não há? Ai, voltemos às palavras, às tuas que me tiraram da realidade e me devolvem aos doces sonhos. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nina Nininha, continuemos nós a viver nos doces sonhos que ambos merecemos! ;)
      Beijinhos

      Eliminar

...Simplesmente Maria.