quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Sabores – O NÃO E O SIM


Não, três vezes não!
Não ao amor cego que tudo prejudica.
Não a esse ciúme manifestado por queixume.
Não á injustiça fomentada pela cobiça.
Não, três vezes não!
Não à solidão porque me repeles.
Não à contenção na exclusividade da tua razão.
Não à presunção que basta querer para tudo ter.
O não tem estes saberes,
O não tem estes dizeres,
O não tem este sabor…
Um sabor a dissabor!
Quem nunca provou coisa assim?
Quando ouviu de alguém um nim?
E há quem responda assim!
Por isso, prefiro um não verdadeiro
E o sabor que provoca,
À falsidade de um sim
Que nos amarga na boca!
Sabores desses eu recuso
Pondo a língua no palato
Nasalando o meu NAAÕO.
Porque o sim cheira-me a farsa
Onde o divórcio é o fim!
Na pureza do fonema,
Que cada um de vos prove
e comprove…
O sabor deste dilema!

1 comentário:

  1. Dilemas entre o Não e o SIM?
    Já tenho sentido alguns...


    Beijinhos ^^

    ResponderEliminar

...Simplesmente Maria.