quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Viver e Voar

Viver é voar
Voar é a vida
Quando se abrem asas ao vento
Esforço a subir e depois planar
Sem destino, sem lamento,
por vezes meio perdida,
por vezes parada 
Voar é uma vida
Viver é um voar.

5 comentários:

  1. «Hai avuto sete di sangue e io di sangue ti riempio»
    Condessa de Lautréamont
    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Credo...Sô Dona Coooondenssa!!!!

      Vade retro, Satanás!:( :(

      Janita

      Eliminar
  2. Ao voares, saboreia o vento no teu rosto!

    De onde é mesmo a Condessa? Xooou!!!

    ResponderEliminar

  3. Estou neste momento a ouvir a Flávia Wenceslau.

    Beijos em liberdade ♥
    (^^)

    ResponderEliminar

...Simplesmente Maria.