sexta-feira, 3 de abril de 2015

Entilado

Esta é comigo! Animal e mamífero!

Estava eu tão descansado,
Animal que sou racional.
Quando te vejo a meu lado
Qual encanto bem trajado,
devorando um anticoncepcional!
Perguntei-me a mim mesmo 
Porque tens dores de cabeça?
Porque te enfadas com cepos?
Porque te irritas com qualquer emperuado?
Se já me tens ao teu lado!
Pois é...sou um mamífero!
Passo a vida a mamar
Sempre que canto o meu fado...
Não penso em consequências
ignoro o meu Know how
Quero lá saber de fraturas
expostas e helicoidais...
Se a minha sina é mamar...
mais e mais como os demais!
Nada nos vai separar, nem a morte
que triste se fará anunciar...
Levando-nos também com ela
Numa qualquer barca bela
Sem nunca agonizar!
Isto virou tão confuso
sinto-me tão infantil
Que vou desligar aqui...
ausentei...mas...não... morri!
Ainda me lembro de Ti(l)!

12 comentários:

  1. Minha amiga Maria....
    Voltou bela e faceira
    Depois.. nesse ia e não ia
    Reparo em tua poesia feiticeira

    Me enfeitiças pela ausência
    E deixas transtornado quando some
    Por que eu sou um "home"
    Que gosta dessa querência..

    Quanto à amiga Ti(l)
    Por que ela sumiu??
    Será que ela nos esqueceu
    Ou foi o mundo que se perdeu?

    BEM VINDA "AMIGA" MARIA VAI COM AS OUTRAS
    Uma ótima Páscoa a ti..e a ti(l)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é PDR eu, a Til e outros seres temos muito daquilo que se denomina ausências...tenho saudades tuas mas o tempo ficou escasso porque na vida tudo muda até a surda muda!
      Espero que a Páscoa por esse lado tenha sido boa.
      Um grande abraço e volte sempre amigão.

      Eliminar
  2. Te desejo uma Páscoa muito doce !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que a tua também tenha sido São.
      Beijinho

      Eliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Não te atormentes com a morte
    Vive um dia de cada vez
    Se mamar te faz mais forte
    Mama tudo o que puderes
    Leite, água, sumo, sopa...
    Mesmo que seja às colheres!!

    Gosto de ser infantil
    Gosto que o sejas também
    Se sentes falta da Til
    Chama-a, vais ver que ela vem...

    Beijinhos...

    Não fales tanto na morte,..
    Fico triste,
    a pensar qual será
    a tua sorte (sina)

    :(

    Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou a chamar, repara Janita, ~~~~~~~~~~~~´~~~~~~~~~~´~~~~~~~~~´
      tenho aqui (~) mas cadê a presença dela?
      Beijinho Janita

      Eliminar
    2. Com as borboletas coloridas que te trouxe . iguais aos balões dela - quem sabe ela vem???

      :-)))

      Janita

      Eliminar
  5. Mais um poema para nos deixar a pensar!!!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é Isy ...eu passo o tempo a pensar, diz que assim morreu o burro...ok, serei!
      Bjinho grande*

      Eliminar

...Simplesmente Maria.